Das histórias em quadrinhos para o universo dos games

05/04/13     Games Geek

desnos em quadrinhos que viraram games (2)
Anuncie aqui

Quando um personagem de histórias em quadrinhos faz muito sucesso e conquistam milhares de leitores, geralmente ele se estende a diversas outras plataformas, como em filmes, jogos e desenhos animados. Isso aconteceu em diversos casos, como o Batman, Homem-Aranha e tantos outros hoje mundialmente famosos graças a estas inúmeras possibilidades de adaptações.

Dessa maneira, é possível ver os nossos personagens preferidos não só nos gibis, mas também ganhando vida em animações e em novas aventuras – já que, quando se tem um bom personagem, é possível criar diversas outras histórias tão incríveis e cativantes quanto, não é mesmo? E o fato de se trabalhar um mesmo personagem em veículos diferentes possibilita ainda mais imaginação e a sensação de ineditismo daquela história.

Uma história famosa que teve sucesso nos jogos, mas que teve sua origem em histórias em quadrinhos são os X-men, uma equipe de super-heróis publicada pela Marvel Comics. Os X-Men são mutantes: são humanos que nasceram com super habilidades latentes. Por consequência, em suas histórias, várias pessoas comuns possuem medo ou desconfiança destas figuras, vistos pelos cientistas como um novo degrau da evolução humana – e, ao mesmo tempo, considerados uma ameaça à sociedade, já que eles acabam usando de seus poderes para fins criminosos.

desnos em quadrinhos que viraram games (1)

Os X-Men se expandiram para o cinema e televisão, bem como também há diversos jogos em uma variedade de consoles em que estão presentes. Os mais recentes são os games de RPG X-Men Legends, de 2004, e a sua sequência X-Men Legends II: The Rise of Apocalipse, de 2005.

Os personagens também apareceram na série Marvel vs. Capcom e no mais recente Marvel: Ultimate Alliance, que também têm a equipe mutante. Em 2006 foi lançado também o X-men- The official game, tendo como protagonistas, Wolverine, Homem de Gelo e Noturno.

desnos em quadrinhos que viraram games (5)

O fenômeno também acontece até naqueles personagens em que o foco é direcionado ao público-infantil, que tem um objetivo mais educativo em suas histórias: da mesma maneira, eles ganham espaço nas mais diversas mídias apesar de um público mais direcionado. Exemplo disso é a Turma da Mônica, personagem criada pelo cartunista Maurício de Souza na década de 1960 e que se tornou um ícone infantil no Brasil, com publicações que se estendem até os dias de hoje.

A personagem principal é Mônica, descrita nos gibis como a “gorducha, dentuça e baixinha” e que é alvo principal dos planos infalíveis de Cebolinha, que quer atingi-la de todas as maneiras para tomar o posto de “dono da rua” de sua vizinhança. Mônica é inseparável de seu coelhinho azul chamado Sansão – isso porque, na maioria das histórias, ela o usa como “arma” nos meninos que implicam com ela, que inclui o já citado Cebolinha e também o Cascão. Para irritá-la, os dois costumam roubar este ursinho de pelúcia e dar nós em suas orelhas. Completando a turma da Mônica principal, temos também a Magali.

Os personagens da Turma da Mônica ganharam vida nas telonas a partir dos anos 1970, com “As Aventuras da Turma da Mônica”, seguido de vídeos como “Turma da Mônica no Mundo de Romeu e Julieta”, dentre outros. Também se tornou sucesso em desenho animado, ganhando exibições de episódios na emissora Rede Globo durante alguns anos.

Continuando o seu sucesso em outras plataformas, Mônica também tornou-se protagonista de em jogos eletrônicos – e isso começou na década de 1990, quando os jogos da personagem começaram a ser produzidos pela Tectoy (para o Master System e Mega Drive). Hoje, é possível encontrá-la em diversas adaptações de jogos, como passatempos, jogos dos setes erros, cruzadinhas, jogo da velha, perguntas e respostas e outras milhares de alternativas de jogatinas que envolvem a personagem.

desnos em quadrinhos que viraram games (3)

Em sua maioria, os jogos da Turma da Mônica têm como base as histórias dos gibis, mas há alguns games em que a jogatina foge do comum, como o da Tectoy, em que Mônica usa o Sansão como espada e o seu vestido é revestido de armaduras, ambientada em um cenário medieval. Ou seja, um mundo diferente apresentado nos quadrinhos. No caso, alguns jogos utilizam os mesmos personagens, mas nenhuma ligação com as histórias que se passam nas HQs.

desnos em quadrinhos que viraram games (4)

Diante de tanto sucesso, Maurício de Sousa também lançou a Turma da Mônica Jovem, em que os personagens estão crescidos e vivendo aventuras diferentes, voltados para o público adolescente. Ainda não há muitas opções de jogos e aplicativos voltados para esta nova fase de Mônica, mas é só uma questão de tempo… Que seja assim!

Receba atualizações grátis do bt no seu E-mail

Temos total respeito com você, nunca enviaremos spam, ok? Apenas nossas novas matérias, basta colocar seu email abaixo e depois realizar sua confirmação via email, simples assim :-D

Victor Brito

Diretor de criação amante da área de Branding, fundador do blog Bons Tutoriais onde compartilha suas experiências com artigos sobre Design Gráfico, Web Design e outras coisas mais. Você pode encontrá-lo postando no Publicinove ou em sua agência - Criativito Comunicação.

864 posts publicados
veja todos aqui.

Comente aqui

© Bons Tutoriais | 2008 - 2016 todos os direitos reservados. Design e Desenvolvimento Criativito Comunicação | Plataformas: WordPress & Bootstrap